O que está buscando?

Alunos do Sesi Americana são campeões da Jornada Brasileira de Foguetes

Com lançamento de 318,3 metros, estudantes fizeram a sexta maior marca da história da competição

26/09/202210:12- atualizado às 11:53 em 26/09/2022

Estudantes do Sesi Americana (Parque Universitário) conquistaram o 1º lugar na 30ª edição da Jornada Brasileira de Foguetes, evento realizado de 12 a 15 de setembro em Barra do Piraí (RJ) pela Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA). A competição contou com 29 equipes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil. Com um lançamento de 318,3 metros, a equipe do Sesi Americana, além de campeã da edição, atingiu a sexta melhor marca de toda a história da competição.

Integram a equipe premiada Giovanni de Luca Gomieri, Yasmin de Oliveira Bonet e Layane Levi Cassemiro de Souza, do Ensino Médio do Sesi Americana. “Foi uma troca muito grande de experiências e conhecimento, não só entre todos os estudantes participantes, mas também com a comissão do evento, a partir das oficinas e palestra. Na hora da premiação, ouvir a organização dizendo que estávamos entrando para a história foi ver todo nosso esforço sendo válido e nosso trabalho sendo reconhecido. Foi uma longa preparação, e atingir esse resultado foi gratificante”, afirmou Layane, 17 anos.

Para Edvaldo Milan, professor do Sesi Americana, a conquista é fruto de um trabalho coletivo realizado por toda a comunidade escolar, e coloca não apenas a escola em evidência, mas a cidade de Americana, por se tratar de um evento de abrangência nacional”, afirmou. O professor ressalta que o Sesi-SP incentiva a participação dos estudantes em olimpíadas, que estão sendo cada vez mais valorizadas por instituições de ensino superior, possibilitando o ingresso em cursos sem a necessidade de passar por processo seletivo.

“Todo o apoio que recebemos da direção local e do Sesi-SP foi fundamental para o bom desempenho obtido. Os estudantes se dedicaram muito e o fato de conquistarem um resultado nesse nível aumenta muito a autoestima deles, e isso possibilita a realização de voos mais altos”, declarou Edvaldo Milan.

Os protótipos de foguetes são construídos a partir de garrafas PET, com um volume entre 500 ml e 2l, e uma base de lançamento. Para o lançamento, são utilizados os reagentes vinagre e bicarbonato de sódio. Quando o bicarbonato de sódio entra em contato com o vinagre, o ácido acético reage produzindo gás carbônico, que aumenta a pressão no foguete e garante o disparo em alta velocidade.

Os estudantes também construíram foguete de propelente sólido, com açúcar de confeiteiro e nitrato de potássio, e realizaram o primeiro lançamento noturno na história da Jornada Brasileira de Foguetes, demonstrando que para o conhecimento e a criatividade não há limites.